Acupuntura como aliada da atividade física

16
08
2016

Na busca por uma melhor qualidade de vida, cada vez mais pessoas decidem deixar o sedentarismo de lado e introduzir a atividade física como forma de cuidado do corpo e da mente. A acupuntura é uma aliada valiosa para essa decisão.

Lesões na prática esportiva são comuns e variam de lesões desde os dedos do pé para um trauma mais complexo, como uma fratura óssea, por exemplo. Geralmente, apenas o tecido mole é danificado e qualquer lesão nesses tecidos pode levar a uma hipersensibilidade, inchaço, hematoma, cicatrizes, fibrose e perda de função.

As lesões podem ser causadas por trauma, como resultado de um impacto súbito ou movimento estranho, ou podem se desenvolver ao longo do tempo, muitas vezes devido ao uso contínuo das mesmas articulações ou grupos musculares. Os fatores que contribuem podem ser a falta de prevenção de mecanismos de lesão, utilização equipamento ou treinamento inadequado demasiado duro para o nível atual de condicionamento.

A acupuntura já é utilizada há muito tempo para tratamento de lesões musculoesqueléticas deatletas, mas há pouco tempo vem sendo estudada para a melhora de desempenho e rendimento com a melhora da potência e força muscular máxima.

Podemos encontrar estudos sobre os efeitos mentais e cognitivos da acupuntura no desempenho atlético que são tão importantes quanto os efeitos da técnica sobre o desempenho físico nos esportes de alto rendimento. Se levarmos em consideração que a diferença entre o primeiro e o segundo colocado é medida em segundos ou milésimos de segundos, o emocional e capacidade do cérebro de comandar o próprio corpo podem fazer a diferença e garantir melhores resultados.

As potências esportivas mundiais como a Austrália, China, Alemanha e EUA já utilizam a acupuntura e outras técnicas da medicina chinesa, como a ventosaterapia (método de sucção aplicada à pele, onde se cria um vácuo com a propriedade de limpar o sangue das toxinas acumuladas no organismo pelo exercício ou outras doenças), para a melhora do desempenho de seus atletas.

A técnica chinesa restabelece o fluxo energético do corpo e equilibra os órgãos, especialmente fígado (ligado aos tendões),  rins (ligados aos ossos e sistema nervoso) e o baço (responsável pelo tônus muscular). As chances de lesões nas articulações e tendões diminuem com o equilíbrio energético desses órgãos, o tônus e a elasticidade dos músculos melhoram e promove o fortalecimento dos ossos.

Lívia Maria Castro Siqueira
Fisioterapeuta e Acupunturista
Espaço Agir - http://www.espacoagir.com.br

Fonte: http://tribunadejundiai.com.br/saude/54-bem-estar/4384-acupuntura-como-aliada-da-atividade-fisica.html

 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623-4433 MATRIZ