QUAL É A DIFERENÇA ENTRE ELETROACUPUNTURA E ACUPUNTURA?

23
07
2016

Eletroacupuntura é uma técnica de acupuntura que só recentemente entrou em uso.

Alguns estudiosos acreditam que a eletroacupuntura foi usada primeiramente por médicos na França e na Itália desde o início dos anos 1800. Outros atribuem sua descoberta de cientistas japoneses na década de 1940 que estavam interessados em curar fraturas ósseas mais rapidamente. Ainda outros afirmam que eletroacupuntura realmente não foi desenvolvida até 1958, quando os acupunturistas na China começaram a experimentar como uma forma de alívio da dor. Seja qual for o caso, eletroacupuntura é uma forma de tratamento cada vez mais popular e é usada pelos praticantes de medicina tradicional chinesa para uma ampla gama de condições.

Qual é a diferença entre eletroacupuntura e acupuntura tradicional?

Eletroacupuntura é bastante semelhante à acupuntura tradicional, em que os mesmos pontos são estimulados durante o tratamento. Como com acupuntura tradicional, as agulhas são inseridas em pontos específicos ao longo do corpo. As agulhas são colocadas em um dispositivo que gera impulsos elétricos contínuos usando pequenos clipes. Estes dispositivos são usados para ajustar a frequência e a intensidade do impulso sendo entregue, dependendo da condição a ser tratada. Eletroacupuntura usa duas agulhas em tempo para que os impulsos podem passar de uma agulha para o outro. Vários pares de agulhas podem ser estimulados simultaneamente, geralmente por não mais de 30 minutos a uma hora.

Uma vantagem da eletroacupuntura é que um praticante não tem que ser tão preciso com a inserção de agulhas. Isso ocorre porque a corrente entregada através da agulha estimula uma área maior do que a agulha em si. Outra vantagem é que eletroacupuntura pode ser empregada sem o uso de agulhas. Uma técnica similar chamada estimulação elétrica nervosa transcutânea, ou dezenas, usa eletrodos que são gravados na superfície da pele em vez de ser inserido. A vantagem deste procedimento é que ele pode ser usado por pessoas que têm medo de agulhas ou uma condição que proíbe a inserção de agulhas.

Que condições a eletroacupuntura pode tratar?

De acordo com os princípios da medicina tradicional chinesa, a doença é causada quando o qi não flui corretamente por todo o corpo. Acupunturistas determinam se qi está fraca, estagnada ou caso contrário fora de equilíbrio, que indica os pontos a serem estimulados. Eletroacupuntura é considerada para ser especialmente útil para as condições em que há um acúmulo de qi, como em síndromes de dor crônica, ou em casos onde o qi é difícil estimular.

Nos Estados Unidos, a eletroacupuntura tem sido estudada para uma variedade de condições. Ela tem sido usada eficazmente como uma forma de anestesia; como um analgésico para espasmos musculares; e um tratamento para doenças neurológicas. Outros estudos examinaram o papel da eletroacupuntura no tratamento de doenças de pele como acne, cólica renal e náusea aguda causada por medicamentos para o câncer. Há também algumas evidências que a estimulação elétrica dos pontos de acupuntura ativa o sistema de endorfina, o que poderia reduzir a pressão arterial e reduzir as doenças coronárias.

Eletroacupuntura dói?

Pacientes podem sentir uma sensação de formigamento durante o tratamento com eletroacupuntura, que é mais provável devido à corrente elétrica. Na maioria dos casos, no entanto, o efeito produzido pelo atual é subsational; em outras palavras, a sensação de formigamento não será sentida. Alguns pequenos hematomas ou sangramento pode ocorrer, que é o resultado de uma agulha atingindo pequenos vasos sanguíneos.

Fonte: Índice de Saúde

#acupuntura #eletroacupuntura #amoacupuntur #mcc #mtc #ibram #anestesia #analgesia #acupuncture #bemestar #ibramrp

 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623-4433 MATRIZ