Acupuntura reduz impacto de tratamento contra câncer

19
08
2014

No Hospital Israelita Albert Einstein a associação de terapias complementares ao tratamento convencional pode ser discutida com o médico, sempre com o objetivo de alcançar os melhores resultados e promover a qualidade de vida dos pacientes.

As terapias complementares agem de forma integrada aos tratamentos contra o câncer. Está comprovada a sua atuação nos seguintes aspectos:
- Redução de sintomas e efeitos colaterais da quimioterapia e da radioterapia;
- Aumento da sensação de bem-estar;- Melhora da qualidade de vida;
- Diminuição do medo, do estresse, da depressão e da ansiedade;
- Melhor resposta do organismo ao tratamento.Dentre as terapias complementares, a acupuntura se destaca como a mais estudada cientificamente.
O Einstein conta com um programa de acupuntura, para pacientes internos e externos, desde 2005.

Mas como é?
A acupuntura consiste na inserção de agulhas em pontos do corpo capazes de modular a atividade do sistema nervoso, responsável pelo controle de quase todas as funções orgânicas, como dor, sono e digestão. É um tratamento de saúde milenar, baseado na Medicina Tradicional Chinesa, que vem sendo resgatado e valorizado pelo ocidente.

Benefícios Comprovados
Não são esperados benefícios diretos sobre o câncer, mas sim sobre os sintomas relacionados à doença ou ao seu tratamento. Dentre eles, destacam-se a diminuição da intensidade da dor, a melhora nas atividades diárias, a redução do consumo de medicamentos para a dor e o retorno mais rápido ao trabalho.

Diminuição da Dor
Os resultados variam de acordo com o quadro clínico, já que o termo "dor oncológica" inclui elementos diversos como dor por causa dos procedimentos, por causa do tumor ou como sequela do tratamento. 
Na dor pós-operatória, há praticamente unanimidade de que a acupuntura seja eficiente.

Náusea e vômito
A acupuntura é eficaz na prevenção e no tratamento de náusea induzida por quimioterapia. Reduz efetivamente o número de episódios de vômito nos pacientes em tratamento.

Sintomas clínicos gerais e equilíbrio emocional
- Melhora da ausência de saliva causada por radioterapia em cabeça e pescoço;
- Auxilio na recuperação pós-operatória de cirurgia abdominal, favorecendo o retorno dos movimentos intestinais;
- Diminuição de sintomas como falta de apetite e fadiga crônica;
- Auxílio no equilíbrio emocional, controlando a ansiedade e a insônia.
A acupuntura pode produzir efeitos sedativos e ansiolíticos.

Relaxamento e resultado
As técnicas de acupuntura aplicadas no tratamento oncológico são as mesmas utilizadas tradicionalmente em outros tratamentos. As agulhas são inseridas nos pontos determinados e permanecem no corpo por 30 minutos. É frequente o paciente dormir neste período pelo relaxamento trazido pelo equilíbrio orgânico.

Contraindicações
Praticamente não há contraindicação à aplicação de acupuntura em pacientes oncológicos. Mesmo indivíduos com distúrbios da coagulação ou com imunidade deficiente podem ser tratados. Devem ser considerados, porém, alguns cuidados especiais, como reforço na assepsia e o controle de manipulações desnecessárias da agulha.

Saúde Além da Cura
A interação da acupuntura com a área de Oncologia Einstein ganhou força com o "Saúde Além da Cura" - um programa específico para pacientes do hospital, que conta com um plano de avaliação e detecção precoce de eventuais problemas secundários ao tratamento do câncer.

Fonte: Hospital Israelita Albert Einstein 

 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623.4433 MATRIZ
 (16) 3623-4433 MATRIZ